A vingança do dólar: moeda americana tende a se valorizar após queda em 2023 - Estadão