Empresas americanas investiram US$ 1 bilhão em chips chineses, descobrem legisladores