FMI vê o Brasil ‘resiliente’ e eleva projeção de alta do PIB em 2024, de 1,5% a 1,7% - Estadão