Daniel Kahneman, prêmio Nobel que explorou a psicologia da economia, morre aos 90 anos - Estadão